Suicídio - Visão Espirita

Esta é uma questão complicada e que traz muito sofrimento às almas que dela sofrem.

O suicídio é o ato de um indivíduo, deliberadamente, encurtar a própria vida. Suicídios acometem pessoas em todas as camadas sociais e por diversos motivos, desde depressão, problemas financeiros, amores não correspondidos e por ai vai.

Mas como vamos olhar o tema pela visão espírita vamos analisar primeiramente o que nos diz o livro dos espíritos nas perguntas 943 e 944:

943. Donde nasce o desgosto da vida, que, sem motivos plausíveis, se apodera de
certos indivíduos?

“Efeito da ociosidade, da falta de fé e, também, da saciedade.” “Para aquele que usa de suas faculdades com fim útil e de acordo com as
suas aptidões naturais, o trabalho nada tem de árido e a vida se escoa mais rapidamente. Ele lhe suporta as vicissitudes com tanto mais paciência e resignação,quanto obra com o fito da felicidade mais sólida e mais durável que o espera.”
944. Tem o homem o direito de dispor da sua vida?

“Não; só a Deus assiste esse direito. O suicídio voluntário importa numa transgressão desta lei.”

Vemos que segundo os espíritos a causa principal do suicídio é a ociosidade espiritual. mas o que seria isso? A pessoa que não vê objetivos na vida e nem se sente estimulada à buscar qualquer ocupação útil. Claro que isso não é unica causa, porém buscamos explorar os principais motivos antes a fim de estudarmos juntos os aspectos de problema de grande consequência para o ser.

Alguns dão fim a vida a fim de fugir dos diversos problemas causados pela vida, talvez se encontrando em situações difíceis esses espíritos buscam na morte a fuga de tamanhos sofrimentos. Kardec também busca resposta à essa indagação:

946. E do suicídio cujo fim é fugir, aquele que o comete, às misérias e às decepções
deste mundo?
“Pobres Espíritos, que não têm a coragem de suportar as misérias da existência! Deus ajuda aos que sofrem e não aos que carecem de energia e de coragem. As tribulações da vida são provas ou expiações. Felizes os que as suportam sem se queixar, porque serão recompensados! Ai, porém, daqueles que esperam a salvação do que, na sua impiedade, chamam acaso, ou fortuna! O acaso,
ou a fortuna, para me servir da linguagem deles, podem, com efeito, favorecê-los por um momento, mas para lhes fazer sentir mais tarde, cruelmente, a vacuidade dessas palavras.”

Nesta resposta os espíritos nos mostram que NENHUM sofrimento foge à Deus e Ele não tarda à auxiliar o ser a passar pela adversidade necessária. Sabemos da lei de ação e reação que os espíritos em sofrimento espiam algum tipo de falta ou passam por uma prova necessária a elevação espiritual. Quanto maior a provação maior o avanço que o espírito obterá em concluindo esta etapa.

Sendo assim percebemos o enorme atraso que o suicídio causa ao processo evolutivo da criatura. De fato além de “parar no tempo” na progressão espiritual o indivíduo comete crime à lei de preservação e sobrevivência que todos nós trazemos dentro de nós.

Tais argumentos são apresentados na resposta à seguinte pergunta:

950. Que pensar daquele que se mata, na esperança de chegar mais depressa a uma
vida melhor?
“Outra loucura! Que faça o bem e mais certo estará de lá chegar, pois, matando-se, retarda a sua entrada num mundo melhor e terá que pedir lhe seja permitido voltar, para concluir a vida a que pôs termo sob o influxo de uma ideia falsa. Uma falta, seja qual for, jamais abre a ninguém o santuário dos eleitos.”

Agora percebemos o quanto o suicídio pode ser danoso à evolução espiritual e aqueles que buscam neste ato a fuga de suas dores acabam por ampliá-las no além túmulo.

O suicídio indireto

Chama-se suicídio indireto, o ato de um ser fazer a si mesmo um mal consciente que pode lhe levar à doenças e inclusive ao óbito. Um exemplo é o ato de fumar. Todos atualmente sabem o mal que faz fumar cigarros e quem o faz tem a culpa equivalente a de um suicida comum. Um outro exemplo é o de André Luiz, na obra Nosso Lar de Chico Xavier. Nela André Luiz é acusado de suicida pois sua morte foi devido à excessos alimentares tais que seu fígado perispiritual ficou com a marca deste desequilíbrio. Existem Outros mais tipos de suicídios indiretos, que não são o ato de matar-se de imediato e propositadamente, mas sim de fazer algo que possa lhe trazer malefícios energéticos capazes de comprometer-lhe a organização física e perispiritual.

O que acontece com o espírito suicida?

Como sabemos no espiritismo cada caso é um caso e existem inúmeros fatores que podem levar à uma conclusão diferente para cada situação específica. Listarei aqui algumas das possibilidades não sendo elas todas as possíveis mas as mais comumente contadas em literaturas espíritas e em reuniões mediúnicas.

Ao se suicidar um espírito abaixa seu campo vibracional automaticamente devido ao crime cometido contra a própria vida. Isso leva à todo tipo de sensações de níveis mais baixos podendo causar no espírito incríveis sentimentos de culpa, já que no mundo espiritual a consciência do ser tem voz muito mais ativa que no mundo corporal o suicida pode sofrer por muitos anos de uma culpa que corrói o seu psiquismo levando à beira da loucura espiritual.

Também existem casos desses espíritos ficarem de tal forma tão fora de si que acabam sendo presas fáceis dos vampiros energéticos. espíritos sombrios que aproveitam-se de espíritos errantes em sofrimento para sugar-lhe as energias residuais pós-desencarne (vide a obra Nosso Lar de André Luiz).

Há também um lugar chamado vale dos suicidas, onde energeticamente os espíritos que cometessem tal ato se atraíam mutuamente. A médium Yvonne Pereira, em seu livro “Memórias de um Suicida”, fala do Vale dos Suicidas. Existem notícias em reuniões mediúnicas que o grupo de espíritos responsáveis pelo resgate neste campo espiritual chamados de Legião dos Servos de Maria. Atualmente correm notícias confirmadas em algumas reuniões mediúnicas de que o vale fora desfeito devido às reurbanizações espirituais (um tipo de limpeza energética que começa a ser feita lentamente nas regiões espirituais próximas à crosta devido à chegada do momento de elevação do planeta Terra para um mundo de regeneração). Sendo confirmado ou não sabe-se que ainda existem várias regiões no umbral onde espíritos em sofrimento, inclusive suicidas se reúnem devido à simpatia de pensamentos.

Ao reencarnar muitos suicidas vem com o órgão que foi atacado pelo suicídio indireto marcado, isso explica muitos defeitos congênitos. Podem ser espíritos que em vidas anteriores cometeram algum tipo de excesso que lhes causou uma marca perispiritual de tanta profundidade que ainda em outra vida os efeitos desta ação são percebidos em forma de distúrbios de saúde apresentados desde a infância.

Como evitar o suicídio ou que um ente amado tenha tais tendências?

Kardec nos responde dizendo que somente o trabalho, ou seja, uma ocupação útil que lhe traga a satisfação de estar sendo útil para o mundo e para si mesmo. Aos que possuem qualquer tipo de desordem mental, seja depressão ou qualquer tipo de problemas psicológicos, deve procurar sempre ajuda profissional, pois que a medicina na terra não deixa de ter efeito de forma alguma. lembre-se, a vida continua e o suicídio não irá lhe salvar de problemas e sim aumenta-los!

Busque os amigos, a família, que tem importante papel no auxilio para a recuperação do equilíbrio emocional do indivíduo. Ande com fé, tente ser grato às coisas que tem, já parou para pensar que muitas pessoas na África por exemplo tem MUITO menos que você e buscam sempre sobreviver?

é verdade que é uma situação complicada mas Deus está ao seu lado! Aos irmãos que possuem amigos que tentaram suicídio ou tem tendencias sérias à isso digo: não os desamparem! continuem orientando-os e buscando auxiliar-lhes à encontrar algo que possa lhes salvar de si mesmo.

Por fim Quero desejar que Deus ampare o coração de todos que se suicidaram e encontram-se em dor devido ao ato impensado contra a própria vida, que a luz se faça na vida de cada um e que possam reparar seu erro. Espero que o artigo tenha sido útil, apesar de um pequeno resumo espero que ajude nas discussões e debates referentes ao assunto! Muita Paz!

Divulgação do Leôncio

Faça Sua Doação

Clique abaixo para auxiliar o Grupo Espirita Leôncio de Albuquerque a manter este site e suas atividades de assistência e promoção social:





Biblioteca Humberto de Campos

Promoção Social

2ª Feira - Oficina de Bonecas -         Das 13:00 ás 16:30 hs.

4ª Feira - Obra do Berço - enxovais Das 13:30 ás 16:00 hs.

5ª Feira - Oficina de Costura -           Das 08:00 ás 11:00  hs.

Sábado -  Oficina de Promoção Social  Das  09:00 ás 10:00 hs.

Atendimento Fraterno

Domingo - Das 08:30 ás 09:30 hs.

2ª Feira  - Das 19 às 20 Hs e das 21:15 ás 22:15 hs.

4ª Feira -  Das 10:30 ás 11:30 hs.

5ª Feira -  Das 16:30 as 17:30 hs.

 

Colabore

Doações de Garrafas PET

As garrafas doadas, preferencialmente as de ÁGUA ou outras garrafas PET devem ser entregues lavadas. (Para evitar o aumento de nosso consumo de água,não é necessário usar detergente,lavar somente para tirar o residuo original)

Doações de Agasalhos

Aceitamos cobertores,agasalhos,meias e roupas de frio em geral e em boas condições de Uso.

Doe tambem para o

Bazar

Obra do Berço

Agenda

Nenhum evento futuro